Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Desenvolvimento de doce de Castelo Branco com a designação “Casulo”

29 mai, 2020

O Concurso Desenvolvimento de doce de Castelo Branco com a designação “Casulo” é uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Castelo Branco, pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) e conta com a parceria da CATAA – Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar de Castelo Branco, no âmbito da Feira Sabores de Perdição’20.

Esta iniciativa tem como objetivo desenvolver um bolo/doce (unidose) cuja designação será “Casulo”, que esteja associado ao fruto da amoreira cuja folha é utilizada para a alimentação do bicho-da-seda que constrói o casulo de onde se extrai a seda, uma das principais matérias-primas do Bordado de Castelo Branco. Este bolo/doce poderá constituir um símbolo de identificação da região e promoverá a cultura e a gastronomia da Beira Baixa.

A organização da Feira Sabores de Perdição ’20, que decorrerá entre 29 de maio e 7 de junho de 2020, designou o Laboratório de Análise Sensorial do Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar como coordenador do concurso, cuja missão é garantir o cumprimento do presente regulamento, zelar pelo correto desenvolvimento da preparação e exame organolético das amostras, e pela comunicação dos resultados.

Pode consultar aqui o regulamento e proceder à sua inscrição aqui