Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Mapa de Localização

Contactos

Estrada Nacional Nº 233
6000-708 Sarzedas

Presidente

Celeste Nunes Rodrigues

Celeste Nunes Rodrigues

Sarzedas

<p>Escudo de prata, campanário de verde com sinos do mesmo, entre duas faixas de vermelho. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco, com a legenda a negro: "SARZEDAS".</p>
<p>(D.R.III Série nº 187, de 13/08/01)</p>

Escudo de prata, campanário de verde com sinos do mesmo, entre duas faixas de vermelho. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco, com a legenda a negro: "SARZEDAS".

(D.R.III Série nº 187, de 13/08/01)

Informação da Freguesia

» Toponímia: Cerecedas, ou seja, cerejeiras – Cerzedas – Sarzedas.

Sarzedas foi concelho independente até ao século XIX, com autonomia administrativa e uma área que corresponderia à parte ocidental do atual Município. A 20 Kms de Castelo Branco, encontra-se no seu extremo ocidental e no limite com Proença-a-Nova. Rodeia, quase na totalidade, a Freguesia de Santo André das Tojeiras e está delimitada, por sua vez, por Almaceda, Juncal do Campo, Salgueiro do Campo e Cafede. É uma das maiores Freguesias do Concelho, com uma área de 17.000 hectares.

Recebeu foral em 1212, através de Gil Sanches e Paio Pires, que dessa forma quiseram povoar uma região até aí pouco mais do que deserta. No mesmo ano, mas a 31 de dezembro, o rei D. Sancho II confirmou a Gil Sanches a doação de Sarzedas.

Teve foral novo, assinado em 1512, por D. Manuel I. Tinha então três freguesias, que manteve até ao século XVIII: Sarzedas, Sarnadas de S. Simão e Almaceda. Foi extinto em 1836, restaurado no ano seguinte e definitivamente extinto em 16 de fevereiro de 1848, por decisão de D. Maria II.

in "A Terra e suas Memórias Culturais"...

  • Artesanato: Tecelagem, colchas de linho, bordados, cestaria em verga e cerâmica em barro vermelho
  • Gastronomia: Maranhos, Cabrito no forno, Enchidos, Filhós, Bolo de Mel, Biscoitos de Azeite, Tigeladas e Bicas
  • Festas e Romarias:
    • Santo António: 13 de junho
    • São Pedro: 29 de junho
    • São Sebastião: 23 de janeiro
  • Feiras Anuais: 1 de janeiro; 2º domingo de fevereiro; 15 e 16 de agosto e 29 de dezembro
  • Feira Temática: Feira Medieval