Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Mapa de Localização

Contactos

Rua das Olarias Nº 43
6000-176 Castelo Branco

Terça a Domingo 10h00-13h00 e das 14h00-18h00
Geral: 1€; Séniores (+65): 0.75€; Grupo (+15): 0.75€; Estudantes: Gratuito

Casa da Memória da Presença Judaica

A Casa da Memória da Presença Judaica em Castelo Branco é uma homenagem à História do Povo Judaico, à antiga Comunidade Judaica que viveu na cidade e contribuiu fortemente para o desenvolvimento comercial e económico da urbe e um tributo à Memória de todos os que foram perseguidos ou Mortos à mão da Inquisição.

O espaço Museológico está dividido em quatro espaços distintos:

Loja/Receção no Piso 0, onde é possível encontrar publicações diversas, produtos Kosher, informações sobre a cidade, os seus museus e monumentos.

No mesmo piso inicia-se o espaço museográfico sobre a fundação da Judiaria de Castelo Branco, sobre os rituais e as festividades Judaicas, a Inquisição ou os objetos de tortura.

Na transição dos dois pisos surge o Memorial das Vítimas Albicastrenses: São 329 nomes, 329 pessoas que foram perseguidas ou mortas por questões relacionadas com a sua crença religiosa.

O Piso 1 é um espaço inteiramente dedicado às figuras Judias Albicastrenses que se destacaram no seu tempo, quer em Portugal. quer além-fronteiras: Amato LusitanoAfonso de Paiva, Elias de Montalto, Moisés de Montalto ou Manuel Joaquim Paiva constam nesta lista de Homens Notáveis, neste espaço que é apresentado como uma linha temporal sobre a presença Judaica em Portugal, até aos nossos dias. 

Por último, o Piso 2 dispõe de uma zona de estudo/investigação, onde é possível a consulta a todo o tipo de material relativo ao estudo da temática Judaica, seja por consulta física (Biblioteca e Documentos), seja através de plataformas digitais.

Encerra:

Segundas-feiras, 1 de Janeiro, Feriado Municipal (terceira 3ª feira após o Domingo de Páscoa), 25 de Abril, 1 de Maio, Domingo de Páscoa e 25 de Dezembro.