Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Incubadora Social de Castelo Branco apoia 12 projetos

01 abr, 2021

A Incubadora Social de Castelo Branco encontra-se a apoiar 12 projetos, co-financiados por fundos europeus, através do Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego.

A partir de uma colaboração entre a Câmara Municipal de Castelo Branco e a Associação Amato Lusitano, a Incubadora tem como objetivo promover o empreendedorismo social.

José Augusto Alves, presidente da autarquia, afirma que “este é um dos muitos exemplos de empreendedorismo que está a ser desenvolvido no concelho. Temos trabalhado com um conjunto de parceiros, como a Amato Lusitano, no sentido de posicionar Castelo Branco como uma verdadeira região empreendedora”.

Os doze projetos vão desde a promoção da escolarização, à dinamização da economia social, até a aulas de música para todos. Na área da cultura, destaque para o projeto ‘Interrogação’, que pretende criar uma rede de artistas e instituições ligadas à cultura. O ‘Ama’ é outro dos projetos apoiados e que tem como objetivo ajudar pessoas em recuperação, quer física, quer mental, e emocional.

Brevemente, a Incubadora Social vai instalar-se na Quinta do Moinho Velho, no Bairro do Cansado, um edifício que está a ser requalificado pela Câmara Municipal de Castelo Branco.

Note-se que o Município de Castelo Branco foi distinguido como Região Empreendedora Europeia (EER) 2021-22, pelo Comité das Regiões Europeu (CR). Um prémio que é entregue a regiões que demonstrem uma visão empresarial de excelência, um plano de crescimento inteligente, assente em estratégias mais inovadoras, mais promissoras, mais credíveis e mais orientadas para o futuro.