Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

AGRUPAMENTOS DE ESCOLAS DO CONCELHO RECEBEM 500 COMPUTADORES DESTINADOS A ALUNOS CARENCIADOS

20 mai, 2020

Os diretores dos agrupamentos de escolas do concelho de Castelo Branco receberam, simbolicamente, o equipamento informático que representa a distribuição de 400 computadores, com 3 meses de internet garantida, que visam apoiar os alunos carenciados. 

A iniciativa de apoio escolar, pedagógico e social promovida pela autarquia albicastrense contou também com o apoio da Axians, empresa da área das TIC com polo em Castelo Branco, que disponibilizou mais 100 computadores para o mesmo fim.

Este apoio concedido aos agrupamentos de escolas do concelho representou para a autarquia um investimento superior a 150.000,00€, considerando Luís Correia que “Para nós é essencial que todos os alunos albicastrenses tenham acesso ao ensino de forma igual, garantindo que tenham as mesmas oportunidades. Foi por este motivo que não hesitámos em tomar esta decisão.” Na sua intervenção, o autarca apelou ainda ao sentido de solidariedade que considera “imperativo para o bem-estar da comunidade”, destacando o trabalho dos alunos que estão a assegurar a Linha de Apoio Técnico à Escola em Casa.

Durante a sessão foi ainda formalizado o protocolo de cedência de equipamento informático entre o município e os 4 agrupamentos de escolas do concelho que visa apoiar os alunos carenciados, promovendo um ambiente de igualdade de oportunidades no seio escolar.

A sessão contou também com a presença de António Fernandes, Presidente do IPCB, que destacou a atitude de toda a comunidade escolar na adaptação à pandemia que considera ter obrigado “a uma transformação digital e adaptação organizacional por parte da comunidade escolar”. O Presidente do IPCB realçou ainda o empenho dos alunos da academia na Linha de Apoio Técnico à Escola em Casa.

Já Pedro Afonso, CEO da Vinci Energies em Portugal, detentora da Axians, afirmou que “mais uma vez fizemos uma parceria para resolver um problema”, enaltecendo também o trabalho dos cinco alunos do IPCB que asseguram o funcionamento da Linha de Apoio Técnico à Escola em Casa.

Recorde-se que, ainda em finais de abril, a Câmara Municipal de Castelo Branco tomou iniciativa, em articulação com o Instituto Politécnico de Castelo Branco e com a Axians, de criar uma Linha de Apoio Técnico à Escola em Casa (272 330 322) que se encontra em funcionamento nos dias úteis, entre as 09h00 e as 18h00.