Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

MAIS DE 100 OBRAS DE ARTISTAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS EM EXPOSIÇÃO NO CCCCB

18 dez, 2019

O Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco, em colaboração com o Centro de Arte Oliva, de S. João da Madeira, tem patente ao público, até 5 de Abril, a exposição “Sonho Europeu: Obras da Coleção Norlinda e José Lima”.

A exposição inclui cerca de 100 obras de artistas nacionais, mas também internacionais, de países como Espanha, França, Alemanha, Estados Unidos da América, América do Sul e países de expressão portuguesa do continente africano.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, “este é um pequeno grande exemplo do que significa a aposta na cultura em Castelo Branco”, realçando a sua importância para a transformação da comunidade e o desenvolvimento do turismo e economia. O autarca destaca ainda a importância do trabalho em rede e da relação entre cidades: “geminámos Castelo Branco com São João da Madeira, uma ligação que surgiu a partir da coleção Norlinda e José Lima”.

A Coleção Norlinda e José Lima, iniciada na década de 1980, pela mão do empresário José Lima, exemplifica as tendências da arte portuguesa e internacional entre o pós-II Guerra Mundial e os dias de hoje.

Considerando-se um “colecionador improvável”, José Lima revelou uma enorme satisfação e orgulho pela exposição criada a partir da sua coleção, afirmando que a primeira vez que se sentiu verdadeiramente colecionador foi em Castelo Branco. A sua extensa coleção contempla mais de 1500 obras entre fotografia, escultura ou pintura.

O comissário da exposição Miguel Amado, Diretor do Centro Irlandês de Gravura Cork Printmakers e colaborador habitual da Coleção Norlinda e José Lima, declara que “estas são obras que falam da realidade dos nossos dias, seja essa uma realidade boa ou má (…), que nos permitem conhecer melhor o mundo que nos rodeia”.