Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

LOUSA TEM POLIDESPORTIVO REQUALIFICADO

23 jul, 2019

A União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa inaugurou, no passado dia 21 de julho, a requalificação do polidesportivo da Lousa que passa agora a chamar-se Polidesportivo Maria Alda Vaz Preto.

A infraestrutura, que se encontrava degradada, vê agora o projeto concluído, após a aprovação da candidatura do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, ao Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas – PRID –, em 2018, que contou com o apoio financeiro da Câmara Municipal de Castelo Branco e com a colaboração da União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, esta é “uma requalificação de excelente qualidade”, realçando a satisfação do município por mais um polidesportivo reabilitado, mas garante que “só é possível atender a esta realidade, àquilo que é a vontade das pessoas, porque existe uma boa gestão dos dinheiros da Câmara Municipal”.

Com instalações renovadas e preparadas para a prática de diversas modalidades, o polidesportivo sofreu inúmeras intervenções que incluíram também a canalização, os balneários, as instalações sanitárias e o bar.

Para o Presidente da União Lousense, João Almeida, a reabilitação do espaço “era um projeto há muito desejado” que permitiu “dotá-lo para várias práticas desportivas (…) bem como para ser utilizado por todas as faixas etárias”.

Esta foi uma obra de reabilitação superior a 65 mil euros, comparticipado em 20 mil euros pelo IPDJ sendo o restante valor suportado pela Câmara Municipal de Castelo Branco.

Para João Miguel Baltazar, Presidente da União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa este projeto era “uma necessidade da freguesia há muito desejada pelos utilizadores do espaço e pelo clube” que demonstra “a forte dinâmica do associativismo existente na freguesia” e que visa ainda “aumentar o interesse e a atratividade pela prática desportiva, tornando-a mais sustentável e qualificada”.

Das 18 candidaturas da zona Centro, aprovadas em 2018, duas são pertencentes Concelho de Castelo Branco e à União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa, nomeadamente do Campo de jogos de Escalos de Cima e, agora, do Polidesportivo Maria Alda Vaz Preto, na Lousa, através do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas, promovido pelo IPDJ.