Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Mapa de Localização

Contactos

Bairro do Ribanceiro
6000-020 Benquerenças

Presidente

Carlos Alberto Mendes Barreto

Carlos Alberto Mendes Barreto

Benquerenças

<p>Escudo de púrpura, pé de malmequer arrancado de prata, florido do mesmo e botoado de ouro; em chefe, cabra andante de prata, entre duas mós de moinho de ouro, furadas do campo. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “ BENQUERENÇAS “.</p>
<p>(D.R.III Série nº 2, de 03/01/02)</p>

Escudo de púrpura, pé de malmequer arrancado de prata, florido do mesmo e botoado de ouro; em chefe, cabra andante de prata, entre duas mós de moinho de ouro, furadas do campo. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “ BENQUERENÇAS “.

(D.R.III Série nº 2, de 03/01/02)

Informação da Freguesia

» Toponímia: Bem-querença(s) – (afeição)

Freguesia de alguma expressão territorial - abrange cerca de 6155,7 hectares de superfície - Benquerenças tem assento na zona meridional concelhia, confrontando, pelo flanco sudoeste e em pequena extensão, com o vizinho termo municipal de Vila Velha de Ródão. Em seu redor distribuem-se as congéneres Sarzedas (a Poente), Salgueiro do Campo (a Norte), Castelo Branco (a Nascente), Retaxo e Cebolais  de Cima (ambas a Sul), as quais lhe fixam os restantes contornos e limites. Cerca de uma dúzia de quilómetros separam o lugar sede desta Freguesia da respetiva capital concelhia albicastrense. Fértil em achados arqueológicos avulsos, esta Freguesia demonstra arcaicos vestígios de povoamento local, a remontar à Pré-História Recente e expressos por exemplo na Anta da Silveirinha, monumento Megalítico atribuído ao Neolítico Final (escavado por Tavares Proença Júnior em 1910).

Com indicação de proveniência em Benquerenças e do lugar de Maxiais, há notícia de achados arqueológicos relativos a ocupações do âmbito da Romanização. Atribuída à mesma época, mas possivelmente já do período baixo-medieval, será a antiga ponte do Pego Negro.

in "A Terra e suas Memórias Culturais"...

  • Artesanato: Tecelagem (mantas, tapetes, colchas), Tropeços (cortiça)
  • Gastronomia: Maranhos, Ensopado de cabrito e Miga de peixe, Tigelada, Papas de milho, Bolo de mel, Cavacas
  • Festas e Romarias:
    • Festa de S. Pedro: ultimo fim de semana de junho ou primeiro de julho
    • Festa da Nossa Senhora das Preces: ultimo fim de semana de agosto
    • Festa da  Nossa Senhora da Consolação (Maxiais): ultimo fim de semana de maio e primeiro fim de semana de agosto.