Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Mapa de Localização

Contactos

Largo de Santo António, N° 26
6005-015 Alcains

Presidente

Mário Gregório Barata Rosa

Mário Gregório Barata Rosa

Alcains

<p>Freguesia de Alcains</p>

Freguesia de Alcains

Informação da Freguesia

Toponímia » Alclarins – Alcarins - Alcains

Com uma área não muito extensa e encostada pelo lado Sul à urbe albicastrense, a Vila  de Alcains (elevada a esta condição em 12/11/1971) ocupa uma posição central dentro do Concelho e surge encaixada entre as freguesias da Póvoa de Rio Moinhos (a Nordeste), de Lardosa (a Norte), de Escalos de Baixo e Escalos de Cima (a Poente). Acusando uma topografia em geral um pouco acidentada, esta Vila tem como seu principal curso hidrográfico a Ribeira da Líria.

No séc. XII esta região fazia parte da Herdade da Açafa, dos domínios de D. Afonso Henriques. Mais tarde, D. Afonso III acabaria por doá-la à Ordem dos Templários, sendo que o seu termo acabaria por ser delimitado nos finais do séc. XIV.

Sobre as remotas origens de Alcains, diversos achados arqueológicos testemunham a presença humana num variado leque de ocupação, a estender-se desde a Pré-história até à época Medieval. De período do Neolítico são vários machados de pedra polida encontrados nas estações da Grulha e da Lameira de Curia e presentemente à guarda do Museu Francisco Tavares Proença Júnior. Por sua vez a Romanização está bem documentada nos vestígios encontrados no Cabeço da Pelada, entre os quais um forno e uma ara votiva dedicada à divindade Reve, datada do século II d.C..

Rica em património histórico e religioso, Alcains tem nos Solares de Alcains (dos Viscondes de Oleiros) e dos Goulões (dos Viscondes de Idanha-a-Nova) os seus expoentes arquitetónicos máximos, estando classificados como "Imóveis de Interesse Público" por decreto de 2002.

in "A Terra e suas Memórias Culturais"...

  • Artesanato: Trabalhos em cantaria 
  • Gastronomia: Sopa de matação e Laburdo, Cabrito recheado, Queijo de ovelha, Papas de carolo, Bolo de festa/Páscoa, Biscoitos de azeite, Bicas, Broas de mel
  • Festas e Romarias: Festa de Santa Apolónia e Festa das Papas
  • Feiras: 1 de novembro (Feira dos Santos)
  • Feira Temática: Feira do Queijo (Fim de semana que antecede a Páscoa)
  • Mercados: sábados