Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Zona da antiga Metalúrgica ganha forma

20 abr, 2017

A zona da antiga Fábrica da Metalúrgica, após a demolição em novembro do ano passado, está agora a ganhar nova vida, com o início das obras lançadas pela Câmara Municipal de Castelo Branco, para requalificação de toda aquela zona.

 

Numa primeira fase da intervenção está previsto o alargamento de passeios, implementação de arborização urbana e estacionamento público; construção de uma nova rotunda de ligação ao futuro viaduto; criação de um novo jardim público entre a Rua Pedro da Fonseca e a Estação da CP, com uma área aproximada de 5 mil metros quadrados.

 

Com estas intervenções ganharão destaque os edifícios do complexo ferroviário, as chaminés da antiga metalúrgica, agora enquadradas neste novo espaço público.

 

Nesta primeira intervenção, orçada em cerca de um milhão de euros, surge ainda um parque de estacionamento de 91 lugares em substituição dos 70 lugares atualmente existentes, serão plantadas cerca de 130 novas árvores em toda a área e será instalada a nova estátua do poeta João Roiz de Castelo Branco.

 

Esta zona da cidade irá assim ganhar uma nova vida, e o Largo da Estação passará a ter um novo papel na vida dos albicastrenses.

 

O presidente da Câmara, Luís Correia, sublinha a importância desta requalificação no centro da cidade e explica que está também a ser concluído "o projeto de execução para a segunda fase, que incluirá a construção de um viaduto". Desta forma, continua o autarca, "estamos a melhorar permanentemente o espaço público, dando à cidade de Castelo Branco crescente qualidade de vida".