Link para página

Este site utiliza cookies que facilitam a navegação ou o registro e a captura de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso site Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Castelo Branco apoia a economia local com um milhão e seiscentos mil euros

10 dez, 2020

A Câmara Municipal de Castelo Branco vai implementar um pacote de medidas extraordinárias de apoio económico no valor de um milhão e seiscentos mil euros.

Estas medidas fazem parte do programa “CasteloBrancoApoia”, criado para mitigar os efeitos causados ​​pela propagação da pandemia.

“O apoio à economia local é fundamental e ganha ainda mais conhecida na época em que vivemos. É necessário apoiar os nossos empresários e nesse sentido que definimos este conjunto de medidas ”, afirma José Augusto Alves, presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco.

O município, com o apoio da Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa (ACICB) e da Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB), vai disponibilizar um conjunto de medidas de apoio à economia, valores financeiros calculados em 470 milhões de euros para o comércio tradicional e serviços e 470 mil euros para a indústria.

A juntar a estas iniciativas, uma autarquia decidida pela isenção do pagamento de taxas no mercado municipal e no campo da feira de Castelo Branco, no primeiro semestre de 2021. Também a restauração está isenta do pagamento de espaço público relativo a esplanadas no primeiro semestre de 2021 e vai ser criado um apoio para aquisição de equipamentos para esplanadas.

Os taxistas do concelho vão ser apoiados para divulgação da marca de Castelo Branco “Bordar e Receber”, vai ser criado uma rede de transporte gratuito de medicamentos e compras para pessoas em isolamento social, entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021 e vai ser adquirido um serviço para entrega gratuita de refeições

O programa “Habitar Castelo Branco” vai ser reativado, com um valor previsto de 300 mil euros. Para além disso, todo o comércio, serviços e indústria vão usufruir de uma isenção de 50% no pagamento das tarifas fixas de água, saneamento e resíduos, iniciativa em vigor entre dezembro de 2020 e janeiro e fevereiro de 2021.

Desde o início da pandemia, a Câmara de Castelo Branco já canalizou mais de 4 milhões de euros em apoios.