Link para página

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

REDE DE CIDADES INTELIGENTES

Castelo Branco consciente que o futuro das cidades passa por áreas como a mobilidade elétrica, inovação social, sustentabilidade ambiental e energética ou pelo "e-government" aderiu à Rede Portuguesa de Cidades Inteligentes, assumindo atualmente a Vice-presidência.

Um dos objetivos da Rede é a promoção, desenvolvimento e produção de soluções urbanas inovadoras, de forma integrada, com vista à estruturação da oferta e sua valorização nos mercados internacionais.

A rede procura também potenciar a participação das empresas e cidades portuguesas no mercado das cidades inteligentes e afirmar a imagem de Portugal como espaço de conceção, produção e experimentação de produtos e serviços para smart cities (Cidades Inteligentes).

Neste momento, são vários os parceiros da rede, os quais vão desde o Pólo de Competitividade e Tecnologia das Indústrias da Mobilidade (CEIIA/PCT Mobilidade), ao Cluster Habitat Sustentável (tem como objetivo de desenvolver materiais e tecnologias que permitam novos desempenhos a nível energético e ambiental e respeitem os recursos naturais, mobilizando um conjunto de atores associados ao sector), aos pólos de Competitividade e Tecnologia; e de Competitividade e Tecnologia TICE.PT.

 

Iniciativas

REDE WI-FI GRATUITA

A Piscina-Praia de Castelo Branco têm disponível, desde julho de 2016, uma rede wi-fi gratuita. A instalação foi feita pela empresa Allbesmart, sediada no Centro de Empresas Inovadoras.

A Câmara Municipal, no âmbito das Smart Cities (RENER Living Lab – Rede Portuguesa de Cidades Inteligentes), decidiu assim dotar este equipamento de rede WI-FI, de acesso livre para os utilizadores.

A Allbesmart foi mais além do que era solicitado. A empresa albicastrense quis inovar e, por isso, instalou uma rede sem fios em que os utilizadores passarão igualmente a ser informados, em tempo real, do nível de radiação UV  e das respetivas medidas de proteção a adotar.

Tendo em conta que a Piscina-Praia de Castelo Branco acolhe, todos os dias durante a época balnear, centenas de pessoas, este é um local onde “há uma intensa utilização da internet”. Para garantir que todos os utilizadores consigam aceder à rede wi-fi, a Allbesmart criou duas bandas de frequência “que, com duas antenas, garantem que o sinal é distribuído pelos access points”.

 

SISTEMA DE REGA INTELIGENTE

Castelo Branco inaugurou, em agosto de 2016, um sistema desenvolvido por uma 'startup' para rega dos espaços verdes, controlado por 'tablet' e que integra um pluviómetro para aproveitamento da água das chuvas.

O novo sistema de rega inteligente, que integra o projeto "Castelo Branco Smart City", entrou em funcionamento no Parque Urbano das Violetas, uma das muitas zonas verdes da cidade e permite uma maior racionalidade nos gastos de água e uma melhor gestão dos recursos humanos.

O sistema permite que um operador faça toda a gestão de rega da zona verde por controlo remoto, através de um computador, 'tablet' ou 'smartphone', sem que seja necessário deslocar-se ao local, tal como acontecia até agora, em que tinha de accionar manualmente cerca de 40 pontos diferentes. Possui também um pluviómetro, que, sempre que chove, bloqueia o sistema de rega da zona verde.

Este é um novo projeto que visa a sustentabilidade ambiental e irá estender-se, aos poucos, a todas as zonas verdes da cidade.

 

SISTEMA DE GESTÃO INTELIGENTE DE RESÍDUOS

Uma empresa inovadora de Castelo Branco desenvolveu um produto para a gestão inteligente de resíduos que está a ser testado nos Serviços Municipalizados da cidade, com o objectivo de poupar nos gastos logísticos e promover a diminuição da poluição.

O "360Waste" é um produto desenvolvido pela Evox, uma ‘startup' incubada virtualmente no Centro de Empresas Inovadoras de Castelo Branco (CEI), que consiste na instalação de sensores que lêem e  comunicam, em tempo real, a volumetria dos contentores de resíduos e apresentam os dados estatísticos associados.

Este produto permite integrar um conjunto de informações relacionadas com o volume de resíduos em contentores indiferenciados, diferenciados, materiais perigosos, óleos e outros materiais. Com esta informação é possível realizar um planeamento mais eficiente, poupar nos gastos logísticos e promover a diminuição do volume de poluição.

 

SISTEMA DE TELEMETRIA - CONTADORES INTELIGENTES NA CIDADE

Este sistema permite a contagem do consumo de água de forma rápida, eficiente e sem a necessidade de aceder fisicamente aos locais onde o contador está instalado. Traz inúmeros benefícios quer ao nível financeiro, quer ao nível operacional, na medida em que promove garantias de faturação de consumo real, bem como melhor apoio perante qualquer incidência, levando ao aumento do nível da satisfação do cliente. Para além disso, aumenta a fiabilidade das leituras, garante leituras reais com a frequência desejada, permite a resolução do problema de acessos difíceis ou ausências dos consumidores.
Este método de recolha de leituras permite aos Serviços Municipalizados serem mais eficientes e melhorar a qualidade do serviço prestado, uma vez que deixa de haver consumos estimados, passando o cliente a pagar, mensalmente, exatamente o valor que consumiu.


Zonas de medição e controlo

Entretanto, os SMCB estão prestes a concluir a setorização das redes de abastecimento de água do Concelho, colocando contadores de telemetria à cabeça de cada setor.
Este processo chama-se Zona de Medição e Controlo (ZMC) e permite recolher e armazenar numa base central de forma automática os dados de pressão e consumos diários.
A conclusão da implementação deste tipo de sistema possibilita a monotorização ao minuto, permitindo uma melhoria do conhecimento do desempenho do sistema e sua dinâmica, permitindo identificar perdas de água, roturas e manutenções nas condutas de abastecimento de água.
Este sistema leva a uma maior eficiência, sendo que, permite planear as reabilitações das infraestruturas de abastecimento, de campanhas de deteção de fugas e melhorar a qualidade da água.


Fatura eletrónica é opção

No âmbito da modernização de procedimentos, os Serviços Municipalizados passaram também a disponibilizar aos seus clientes a fatura eletrónica e o Portal do Cliente.
Estes dois sistemas, que qualquer utente pode aceder através da internet, resultam da aquisição do sistema de gestão de clientes, designado Aquamatrix.
A adesão à fatura eletrónica está disponível para todos os clientes, desde que solicitem essa forma de envio de contas. Além de contribuir para a sustentabilidade ambiental, permite ao cliente receber a fatura mais cedo que em papel, de forma segura e cómoda, pois pode arquivá-la no computador com acesso garantido em qualquer momento.
Relativamente ao Portal do Cliente,  está acessível a partir da página web dos Serviços em www.sm-castelobranco.pt e oferece um conjunto vasto de serviços, nomeadamente acompanhar o histórico da faturação, comunicar leituras, gerir dados pessoais do cliente, consultar as referências multibanco entre outros.

  • Caracterização
  • Ensino e Formação Profissional
  • Sistema Científico Tecnológico
  • Associações Empresariais
  • Cidade Criativa